Imagem de dois celulares com balões de diálogos entre eles. No primeiro celular a tela apresenta o desenho de uma mulher, no segundo o desenho é de um robô. A ilustração representa a interação humano-máquina através do UX Writing

Escrita conversacional é puro UX Writing

Escrever como se fala, sem esquecer a correção gramatical, é fundamental quando pensamos no diálogo que a interface deve ter com a pessoa usuária.

 

Por Magerson Bilibio
Consultor em UX Writing e Diretor da Feed Consultoria

 

Comecei a trabalhar com texto digital no início dos anos 2000, quando larguei a redação publicitária e comecei a me aventurar no mundo do que até então era chamado de webwriting. Desde o início ficou claro que o texto digital tinha uma característica mais informal do que o texto impresso. Adotar um tom mais conversacional e informal ajudava a quebrar resistências e amenizava a frieza de um até então desconhecido ambiente digital. Quando as redes sociais e os aplicativos de mensagem caíram no gosto do público, a informalidade virou uma característica importante nos textos digitais: UX Writing, webwriting, copywriting e mesmo nos antes mais frios textos de Tech Writing.

 

Hoje chamamos a informalidade dos textos digitais de Escrita Conversacional, definida de forma brilhante por Carmel Wiseman e Ilan Gonen:

“A internet quebrou a velha barreira entre a linguagem escrita e falada, fazendo nascer uma terceira opção: a escrita conversacional.”

 

Na linguagem escrita, também chamada de norma culta da língua, a preocupação máxima está com a correção gramatical. Ao elaborar um texto, pensamos no uso correto de verbos, pronomes, conjugações, etc. Quando conversamos com alguém, a preocupação com a gramática nem passa pela nossa mente, pois o importante é a comunicação livre e informal na qual estamos engajados naquele momento. Ao aplicar os princípios da escrita conversacional no microtexto, seguimos a correção gramatical da linguagem escrita e adotamos o tom coloquial da linguagem falada.

 

O principal motivo para utilizar a escrita conversacional no UX Writing é fazer com que a comunicação entre a interface e a pessoa que está interagindo com o site ou aplicativo seja mais humana, ou seja, percebida como um diálogo entre duas pessoas. Lembre-se: a comunicação digital é sempre 1 a 1. O ambiente digital está interagindo com uma única pessoa do outro lado e o diálogo deve ser diretamente com ela. Para isso, a escrita conversacional tem algumas características importantes:

  • Fala diretamente com os usuários.
  • Parece natural e clara.
  • Seu estilo é fluente, como um diálogo.
  • Usa palavras comuns do dia a dia.
  • Está na voz ativa ao invés da voz passiva.
  • Usa preposições, artigos e palavras de conexão para soar mais natural.

 

Como aplicar estas características ao microtexto? Seguem alguns exemplos:

 

Imagem de X vermelho para a frase "Detalhes do pedido" e botão verde, de correto, para a frase "Detalhes do seu pedido"

A simples adição do pronome “seu” antes de “pedido” torna a mensagem mais próxima da pessoa usuária.

 

Imagem de X vermelho, errado, para a frase "Por favor, escolha o método de pagamento preferido" e botão verde, de correto, para a frase "Como você gostaria de pagar?"

Além de ser mais objetiva, estamos mais acostumados a ouvir este tipo de um atendente de loja.

 

Imagem de X vermelho, errado, para a frase "Fechar mapa" e botão verde, de correto, para a frase "Fechar o mapa"

No dia a dia não pedimos para alguém “fechar janela” ou “abrir porta”. Colocamos naturalmente o artigo para tornar a fala mais humana. Com o microtexto, devemos fazer o mesmo.

 

Como você pode notar, não existe segredo para utilizar a escrita conversacional no UX Writing. Basta trazer para o microtexto as formas de diálogo que utilizamos em nossas conversas, desde que aprendemos a falar. Afinal de contas, não importa se estamos nos comunicando presencialmente ou através de uma tela. No fundo, toda e qualquer interação deve ser percebida em termos humanos e isso só é possível pelo diálogo.

 

 

Vamos conversar mais sobre UX Writing?

Temos vários cursos programados da ESPM. Você pode fazer o Combo UX Writing com 3 cursos: Fundamento de UX Writing, Arquitetura da Informação aplicada no UX Writing e Fluxos de Usuários e Cenários. Você pode fazer o combo ou cada curso individualmente.

Saiba mais e faça sua inscrição

Tags:, , , , , , ,